Camisetas Femininas Ecologicas em Devorê

insta-seguir2

Pica-pau-carijó ou pica-pau-verde-barrado [Colaptes melanochloros]

>>>Mais foto(flickr)<<<
Pesquisando seu canto...


Comprimento:26 cm Identificação: possui o dorso verde-amarelado e barrado (com barras ou estrias anegradas). As partes inferiores do corpo são brancas com manchas escuras. A cauda e o alto da cabeça são pretos, e a nuca tem coloração vermelha. Apresenta uma larga faixa branca sobre os olhos. Abaixo dessa faixa, o macho possui também uma outra, vermelha e estreita, que na fêmea é negra. Distribuição: ocorre desde a foz do rio Amazonas (Ilha de Marajó) até o Rio Grande do Sul, e para oeste até o Mato Grosso. É encontrado também no Paraguai, Argentina e Uruguai. Habitat: vive em matas de galeria, cerrados, cerradões, caatingas, campos com árvores e na borda de florestas. É cada vez mais comum em áreas urbanas. Apresenta uma série de adaptações para a alimentação e locomoção. Para capturar formigas e cupins, por exemplo, produz uma secreção que age como uma cola pegajosa, dando à língua a capacidade preensora de uma vara com visgo. Além disso, a cauda age como órgão de apoio para substratos verticais. Para subir um tronco, o pica-pau pula para cima, de pés paralelos, “sentando” na cauda a cada parada. Através da ramaria horizontal, entretanto, pula como uma gralha. Para demarcar território, advertindo rivais, e como meio de comunicação entre machos e fêmeas, executam tamborilações. Essas consistem em bater com o bico em paus secos, cascas salientes, troncos ocos e até em chapas de aço, simplesmente para produzir rumor. Alimenta-se de formigas e larvas de outros insetos, principalmente besouros. Desce até os arbustos e o solo para coletar as primeiras. Come também frutos carnosos, principalmente no inverno, quando diminui a quantidade de insetos. O macho exibe-se para a fêmea no cortejo pré-nupcial. O casal elabora uma cavidade para o ninho preferencialmente na madeira de árvores mortas, mas freqüentemente usa palmeiras e embaúbas. Preferem cavar na face da árvore que se inclina para o solo, o que facilita a proteção contra a chuva e a defesa da entrada. A câmara incubatória costuma ser forrada por pequenos pedaços de madeira, produzidos durante a construção do ninho. Dois a quatro ovos brancos e brilhantes são postos, ambos os pais revezando-se na incubação. Os filhotes nascem nus e cegos e são alimentados pelos pais, que regurgitam uma massa de insetos.

fonte(texto):
GIAU

(Foto):Dimas, Tirada em Cruz das Almas, BA

6 comentários:

  1. Oi....vim conhecer o seu Blog.....adorei.....tenho oportunidade de ver este picapau lá em Miguel Pereira......são maravilhosos......

    ResponderExcluir
  2. Na sexta-feira,estava vchegando a minha casa,qd vi 3 ......Fiquei doida ,peguei a máquina ,posicionei e vrum...........saíram em disparada.....Lá aparece demais....Em frente a minha casa,tem uma Mata fechada e bem próximo,está sendo plantada uma Floresta de Eucaliptos......Por isso,essa variedade de pássaros.....

    ResponderExcluir
  3. E ai beleza! Negocio é o seguinte:
    To com um Carijó com a pata quebrada, aqui em porto alegre, RS. Ele esta se alimentando só de frutas de um ficus que tem aqui em casa, a noite ele se "moca" em algum lugar do patio que é grande, ele ta nessa situaçao desde sabado (hoje é sexta). Vou tentar alimenta-lo e cuidar para que continue vivendo, hoje ele no chao emitiu um chamado e outros dois apareceram. Levamos no veterinario, que disse que ele esta só com a pata quebrada, talvez ele nao esta voando porque sabe que nao conseguira pousar em uma arvore ou galho.
    Qualquer dica mandem para yuricneff@hotmail.com
    Saravá!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo blog!
    Visite www.wikiaves.com.br, você vai gostar!

    ResponderExcluir
  5. amei chegar aqui e ver este blog maravilhoso a todo vapor....continue.....suas fotos são maravilhosas....bjcas

    ResponderExcluir
  6. um desses caiu no meu quintal e estava com o pescoço quebrado ele morreu e queria saber se era adulto filhote macho ou femea

    ResponderExcluir

Sejam bem vindos!
Deixe seus comentários e sugestões
Obrigado!!!

"O direito, legalizado, de alguém criar pássaros para serem criados em gaiolas, seja para deleite ou preservação, não suplanta o meu de desejar ver todos eles livres."
[AluiZio Derizans]